05 setembro, 2010

Duda Molinos aposta em make colorido para o verão 2011

às 03:36
Reações: 

Há pelo menos dois verões, o mundinho fashion tem mostrado os tons super coloridos na maquiagem. Mas pelo visto é na próxima temporada é que eles realmente estarão na make da mulherada.


Se na última edição do São Paulo Fashion Week, Alexandre Herchcovitch e Celso Kamura mostraram que a tendência se transformará em moda, Duda Molinos assinou em baixo durante o 1º Congresso de Maquiagem da Beauty Fair - Feira Internacional de Cosméticos e Beleza.

"Nude, cinza, preto e marrom vão continuar sim, para looks mais sóbrios e elegantes. Mas agora a maquiagem será vibrante também. Na verdade será uma mistura das décadas de 60, 70 e 80, épocas em que a moda era mais colorida. Em uma make podemos misturar referências de cada uma, sem fazer uma reconstituição da época, mas uma nova leitura", disse o maquiador.
Segundo Duda, o verão 2011 será um divisor de águas em relação as cores na maquiagem. "Vamos trabalhar com um novo minimalismo, o que parece estranho. Na verdade é uma nova visão sobre as cores e como elas combinam entre si. Eles não serão tão blocadas. Coloridas, mas simples na forma", explicou.

3 comentários:

Like a Make on 5 de setembro de 2010 06:33 disse...

Oi Petit!

Eu gosto de make colorida, mas acho q fica bem com roupa de uma cor só... Se tiver cor na roupa, fica feio.
Isso na minha opinião.

Beijos

Marilene
http://www.likeamake.com

fabiana novaes silva disse...

Sou péssima em fazer make, as vezes erro até no básico, imagina nos coloridôes.
Adoraria saber fazer um make lindo.
Adoro uma produção.

Nome e de seguidora blog - Fabiana Novaes Silva
Twitter - @fns_fa
Facebok - fabiana novaes silva
Emai - fabianans@pop.com.br

nayara on 8 de outubro de 2011 06:18 disse...

Aiii como queria aprender fazer makes fodásticas iguais a essa! Adoro essas makes coloridas! Axo lindo!
A make da modelo tá linda! Bem alegre sem ser chamativa demais!

Postar um comentário

 

Cabide Incerto | Chris Tavares Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos